O QUÊ VOCÊ PROCURA?

EXAGERADAMENTE POP! http://www.qualagrandeideia.com/

Mostrando postagens com marcador Séries & TV. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Séries & TV. Mostrar todas as postagens

24 janeiro 2017

O trailer do telefilme biográfico não autorizado de Britney Spears está entre nós!

Por em 24.1.17

Falta muito pouco para termos na íntegra o telefilme "Britney Ever After", que é um longa baseado na trajetória da princesa do Pop, Britney Spears. No último final de semana, o canal Lifetime divulgou o trailer oficial em suas redes sociais e os fãs estão eufóricos com a priudução.

O vídeo mostra os altos e baixos da carreira da cantora, retratando cenas de quando raspou o cabelo, quando se desentendeu com um paparazzi e até mesmo de seu casamento com o dançarino Kevin Federline.

Britney é interpretada pela australiana Natasha Bassett. A direção desse material é de Leslie Libman. A duração do filme é de mais ou menos 2 horas e não foi autorizado pela cantora.

Assista a seguir ao trailer:

Curta e Siga o Qual a Grande Ideia? nas redes sociais para mais do nosso conteúdo: Facebook, Twitter, Instagram, Spotify!
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

13 janeiro 2017

Christina Aguilera emociona com performance de "Stormy Weather", clássica canção de 1933!

Por em 13.1.17

Nossa diva, Christina Aguilera, se apresentou no especial "Taking The Stage: African American Music And Stories That Changed America" de um programa na TV aberta norte americana. No palco, a dona da voz fez a performance do clássico "Stormy Weather", de Ethel Waters, datada de 1933.

Diversos artistas já fizeram covers desta canção e ficou bastante conhecida nas vozes de Lena Horne e Billie Holiday. Christina gravou o especial em setembro ao ano passado, mas o evento com sua participação só foi ao ar na TV dos Estados Unidos na noite de ontem (12).

Vamos ver como ficou esse som:


Curta e Siga o Qual a Grande Ideia? nas redes sociais para mais do nosso conteúdo: Facebook, Twitter, Instagram, Spotify!
  Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

19 outubro 2016

Nova série da Marvel baseada em X-men ganha trailer e data de estreia; Vem conhecer "Legion"!

Por em 19.10.16

A nova produção da Marvel baseada no universo X-Men ganha data de estreia. Estamos falando da série "X-Men: Legion". Estão por dentro dessa magia?

O contexto dessa série gira em torno da vida dramática de David Heller (Stevens), que é filho do professor Xavier nas histórias em quadrinhos. Heller é um homem cheio de problemas e busca a todos custo sua sanidade, pois sofre de esquizofrenia. E tudo começa a ficar ainda mais eletrizante quando ele se apaixona.

O elenco da série é composto por Dan Stevens, de “Downton Abbey”, Aubrey Plaza, de “Parks and Recreation”, Jean Smart e Rachel Keller, ambas do seriado “Fargo”

Ontem a Marvel liberou cenas teaser do seriado e a estreia está prevista para fevereiro de 2017 no canal FX norte-americano. Vamos conferir as cenas ineditas:

Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

27 setembro 2016

Veja o clipe de "Kuu Kuu Harajuku", nova música da Gwen Stefani para sua série infantil!

Por em 27.9.16

Gente do céu! Além de cantora, atriz, técnica no The Voice, estilista e ícone da moda… Agora a nossa querida Gwen Stefani também está por trás de uma série infantil de animação.

A série se chama "Kuu Kuu Harajuku", e é sobre um grupo musical chamado HJ5, composto pelas personagens Love, Angel, Music, Baby e sua líder G. Os nomes das personagens fazem referência ao primeiro álbum da Gwen "Love. Angel. Music. Baby.", de 2004.

Em entrevista recente, Stefani disse que “a parceria com a Nickelodeon em Kuu Kuu Harajuku é um sonho realizado!”. E ainda ressalta que “tem sido incrível ver as Harajuku Girls e o mundo em que elas vivem tornarem-se realidade.”

Com inspiração na cultura japonesa, o programa tem estreia marcada para o dia 3 de outubro nos EUA. 

Olha só como ficou o clipe:


Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

01 setembro 2016

Odisseia "Westworld" ganha pôster com referências ao Homem Vitruviano de Da Vinci!

Por em 1.9.16

Westworld é uma odisseia sobre a consciência artificial e a evolução do pecado que se passa na intersecção entre um futuro próximo e o passado reimaginado, explorando um mundo em que todo apetite humano, não importando sua natureza, pode ser satisfeito num parque temático em que robôs trabalham para satisfazer todos os desejos dos humanos. Mas há fortes indícios de que esse parque não exista fisicamente — ele seria criado pelos sonhos ou pelas máquinas de um homem.

Escrita por J.J. Abrams, Jonathan Nolan, Jerry Weintraub, a série já vem sendo chamada de uma mistura de Matrix com Inception. De acordo com a HBO: "Westworld conta a história do nascimento da consciência artificial e a evolução do pecado, dentro de um mundo onde qualquer desejo humano, não importa quão nobre ou depravado, é tolerável."

Hoje (1), depois de um trailer e várias imagens promocionais, um novo pôster foi revelado e estampa a inicial "W", ao mesmo tempo em que mostra em primeiro plano uma mulher com os músculos e ossos amostra em uma clara referência ao Homem Vitruviano, de Leonard Da Vinci.
Com estreia marcada para o dia 2 de Outubro na TV norte-americana, o elenco da série conta com Anthony Hopkins, Ed Harris, Evan Rachel Wood, James Marsden, Thandie Newton, Jeffrey Wright, Tessa Thompson, Sidse Babett Knudsen, Jimmi Simpson, Rodrigo Santoro, Shannon Woodward, Ingrid Bolsø Berdal, Ben Barnes, Simon Quarterman, Angela Sarafyan, Luke Hemsworth e Clifton Collins, Jr.


Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

30 agosto 2016

Cartazes de Viola Davis como Annalise acusada de assassina são espalhados no trailer da S03 de "How to Get Away With Murder"!

Por em 30.8.16


Depois de duas temporadas de ótima audiência, críticas e, claro, sucesso, How To Get Away With Murder foi renovada pela ABC e chega a sua terceira temporada que tem lançamento previsto para 22 de Setembro.

Com uma nova trama que promete ser ainda mais cabeluda e com mistérios mais inovadores que os desvencilhados nas duas primeiras temporadas (se é que isso é possível), o trailer da nova traz um clima de paz que vai rapidamente ao ralo quando pontos chaves da trama vão mostrando que, sim, os protagonistas vão ter que aguentar mais angustia e sofrimento!

Confere o mais novo trailer da season:



No Brasil, a série é exibida pelo canal Sony, também está disponível na Netflix (a segunda temporada chega em setembro) e também em DVD. OU SEJA: CHEGA SETEMBRO!


Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

12 agosto 2016

Pink e Sia estão com tudo na interpretação de músicas dos Beatles para a série infantil “Beat Bugs”

Por em 12.8.16

Pink, Sia, Eddie Vedder, Chris Cornell e The Shins são alguns dos nomes que emprestaram vozes para cantar versões de músicas dos Beatles para a nova serie de animação “Beat Bugs” produzida pela Netflix, e que teve estreia agora no último dia 3 de agosto.

A serie é baseada nas aventuras de 5 insetos, que decidem se juntar e formam uma banda que chama “Beat Bugs” - o nome da série. O argumento e a realização estão na responsabilidade de Josh Wakely, que recebeu total liberdade da Netflix para a utilização dos temas dos Beatles, depois do acordo estabelecido com a Sony/ATV, que garante os direitos dos temas de John Lennon e Paul McCartney's registados.

Olhem só que coisa mais linda:




Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

"Star Trek Discovery" ganha série de TV com protagonista feminina e personagem LGBT!

Por em 12.8.16

Essa semana. em anuncio oficial, o co-criador e produtor-executivo Bryan Fuller, em um evento da Associação de Críticos de Televisão dos EUA, que aconteceu na quarta-feira (10), disse que a nova série Star Trek: Discovery, prevista para janeiro de 2017, terá uma mulher como protagonista, vinte e um anos depois da única mulher (até hoje) ter ganhado o papel principal na produção de lá pra cá. 

De acordo com o site Deadline, a CBS tem dado preferência a mulheres negras (achamos digno!) nos testes para o papel da nova protagonista. 

"Star Trek começou como uma maravilhosa expressão de diversidade. Queremos prosseguir com essa tradição", afirmou Fuller. E segundo ele, que não deu mais detalhes sobre o personagem, ela não será uma capitã da expedição interestelar na trama. 

E o personagem gay? Bem, o cara disse que com certeza terá sim um personagem LGBT introduzido na franquia mas isso acontecerá no novo filme Star Trek: Sem Fronteitas que estreia em 1º setembro no Brasil, Hikaru Sulu é abertamente gay e casado, revelou o ator John Cho ao jornal australiano Herald Sun em julho e a nova história acontece 10 anos antes da série original e preencherá "algumas lacunas" em aberto diante das outras produções. O elenco também terá "mais estrangeiros" do que de costume, disse ele.

O episódio de abertura será dirigido por David Semel, que já dirigiu episódios de Barrados no Baile e Dr. House. E ai estão ansiosos pra conferir?
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

11 agosto 2016

Christina Aguilera dá voz a "Telepathy", nova produção de Nile Rodgers escrita por Sia, para a série "The Get Down"!

Por em 11.8.16

No último dia 9, Christina Aguilera viu seu álbum Back To Basics completar 10 anos e, atualmente trabalhando no sucessor de seu sétimo álbum Lotus (2012), a diva tem dado bastante as caras já aquecendo sua imagem para o que está por vir em 2017!

Após homenagear as vítimas do massacre de Orlando na faixa "Change", hoje (11) Aguilera lançou a faixa "Telepathy", que tem as famosas e já não tão surpreendentes produções de Nile Rodgers e foi escrita por Sia.

 

Produzida para a trilha sonora da série The Get Down, mais uma original Netflix, que estreia nesta sexta-feira (12) a faixa se junta a soundtrack que trará grandes nomes como Miguel ("Cadillac"), Zayn ("You Can’t Hide"), Janelle Monáe ("Hum Along & Dance [Gotta Get Down]"), Jaden Smith ("Welcome To The Get Down"), entre outros.


A série The Get Down vai se passar no verão de 1977 para retratar a grande explosão musical nos subúrbios da cidade de Nova Iorque, época do nascimento do Hip Hop e terá, com direção de Baz Luhrmann (Moulin Rouge), Nas está entre os produtores e Jaden Smith (filho do Will Smith) junto a Giancarlo Espotiso (Breaking Bad) no elenco.

Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

08 agosto 2016

CONFIRMADO: "Empire" receberá Mariah Carey para uma uma participação especial na terceira temporada!

Por em 8.8.16

Foram mais ou menos um ano de negociações pesadas, mas o produtor Lee Daniels finalmente confirmou Mariah Carey para a terceira temporada de Empire numa participação mais que especial.

A cantora não vai interpretar a si mesma como muitos especulavam. Seu papel será de uma personagem chamada Kitty, que é uma popstar que aparece na história para uma parceria "bombástica" com o personagem Jamal (Jussie Smollett).

No decorrer da história, os dois vão ter que superar alguns desafios. Mariah será o anjo da guarda que vai ajudar o jovem cantor a superar tudo isso. Esse episódio vai ao ar em 5 de outubro de 2016.

Vale lembrar que Daniels e Mariah são parceiros de muitos anos, pois ele já trabalhou com ela nos filmes "Preciosa - Uma História de Esperança" e "O Mordomo da Casa Branca".

Além de Mariah Carey, outras participações já estão confirmadas em Empire, como os rappers Kid Cudi, French Montana, Xzibit e o ator Taye Diggs.  A série retoma suas exibições na TV no dia 21 de setembro, na FOX.

RealityTVGIFs bye mariah carey bai blow kiss
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

27 julho 2016

Criadores de "Stranger Things" querem ver as crianças da série se desenvolverem e evoluirem como aconteceu em "Harry Potter"!

Por em 27.7.16

Se você usa facebook com certeza já ouviu falar da série que está dando o que falar Stranger Things! Inspirada em séries e filmes dos anos 80, a nova aposta da NetFlix está sendo devorada rapidamente por usuários do serviço no mundo todo e quem já acabou a primeira temporada não consegue falar de outra coisa: queremos a segunda pra ontem!

Já confirmada pela produtora, a segunda temporada já começa a mexer com a nossa imaginação sem nada além de sua existência confirmada, isso por quê os Duffer Brothers, criadores da série abriram a boca para falar sobre os caminhos que a serie pode tomar e mencionou outra grande franquia como uma "inspiração indireta".



Matt Duffer contou que gostaria de mostrar a evolução de cada personagem, acompanhando da infância até a adolescência, como aconteceu nos filmes de Harry Potter, em entrevista para a Empire:

"Nós temos conversado muito sobre ‘Harry Potter’, ainda que pareça estranha essa comparação. Eu gosto da ideia de revisitarmos essas crianças e vê-las crescer, basicamente ano a ano".
"Se a Netflix quiser, a segunda temporada funcionaria mais como uma sequência do que como uma 'segunda temporada'. Bom, deixamos a porta aberta caso as pessoas gostem da série. Criamos toda uma mitologia para o Mal que existe em Hawkins e nessa temporada nós apenas tocamos na superfície. Sem revelar nada, quando você abre a porta para dimensões alternativas, há muita coisa que você pode fazer. Nós estamos apenas começando!", finalzou.

Ai, faz logo essa season 2, lança logo essa season 2, a gente vai ficar bem assim:

Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

19 julho 2016

QAQI? Review | Stranger Things é uma colcha de retalhos da década de 80 que cobre você de nostalgia

Por em 19.7.16

Imagine que alguém pegasse um caldeirão e colocasse ali todos os clássicos dos anos 80, desde filmes, músicas, moda e até um pouco da política do final da Guerra Fria. Então, também colocasse uma das melhores atrizes da geração anos 90, além de atores mirins desconhecidos mas muito talentosos. Misture tudo por oito horas. Está aí a receita de bolo para Stranger Things, a nova série da Netflix que já chegou fazendo um estrondoso sucesso.

A série conta a história da pequena e fictícia cidade de Hawkins, em Indiana. Tudo era muito tranquilo, até que um dia, ao voltar para a casa após dez horas jogando Dungeons & Dragons com seus amigos, o jovem Will Byers desaparece. Ao mesmo tempo, uma garota aparece do nada em uma lanchonete local, com roupas de hospital e sem falar uma palavra.

E assim começa a série, que segue quatro histórias: a dos amigos de Will, os garotos Mike, Dustin e Lucas; a da irmã de Mike, Nancy, que se junta ao irmão de Will, Jonathan; a da mãe de Will, Joyce, e do xerife Hopper; e do Dr. Brenner, responsável por um laboratório de pesquisa na região e de onde a garota, que se chama Eleven, foge.

Eleven logo é resgatada por Mike e seus amigos. Os três passam, depois de descobrirem dos poderes da garota, a procurar pelo amigo por conta própria. Os quatro formam um elo durante os episódios que emociona e não deixa nada a desejar às histórias de amizades dos anos 80, como Os Goonies e Conta Comigo.

Nancy primeiramente é relutante em ajudar Jonathan, mas o desaparecimento de sua amiga Barbara muda as coisas. Ela namora Steve, o popular do colégio. A dinâmica entre os três a priore é de inimizade, com Steve sentindo ciúmes de Jonathan ao longo da série, mas não deixa de ser divertida. Nancy é de longe a personagem que mais se transformou ao longo dos episódios; no começo ela pode ser a irmã mais velha chata, mas ela está longe de ser isso.


Joyce, a mãe de Will, está desesperada e acredita que seu filho está tentando comunicar com ela através das luzes de sua casa. Hopper, o xerife de Hawkins, trata o desaparecimento como um caso qualquer, mas é até ele ter contato mais próximo com Joyce para entender que não há nada de normal no sumiço do filho da mulher.

Brilhantemente interpretada por Winona Ryder, Joyce não chega a carregar a série nas costas pelo fato de que as outras histórias que se cruzam têm sua devida importância. Contudo, Winona dá um show de interpretação em todas as cenas que participa. Duas vezes indicada ao Oscar, a atriz nos faz sentir a agonia de Joyce em firmemente acreditar que Will fala com ela pelas luzes e nos surtos que dá ao afirmar com certeza de que seu filho está vivo.

E por fim, temos o laboratório de Dr. Brenner, que faz o possível e o impossível para recuperar sua cobaia Eleven depois de um teste fracassado. A quarta parte do enredo é onde toda a ficção-científica da série se concentra e ela bebe de fontes como Stephen King e Steven Spielberg de uma maneira genial.

A série é um mar de referências aos anos 80, conhecidos como a década perdida. De comunismo à Star Wars passando por Senhor dos Anéis e o já mencionado Dungeons & DragonsStranger Things traz o melhor da estética oitentista para os dias de hoje. Para quem é mais velho ou gosta de filmes dessa década, a dica é ver a série aproveitando não só sua história deliciosa, mas tentando adivinhar de onde vem o vocabulário que os garotos Mike, Lucas e Dustin tanto usam e que confunde até os adultos de seu universo.

Stranger Things já está com sua segunda temporada confirmada e promete arrebatar ainda mais fãs nos próximos meses. Com incontáveis referências à década perdida e sua estética sem tecnologia, a série parece um filme que já vimos quando éramos crianças e nos esquecemos. Agora, nós o pegamos para maratonar por oito horas seguidas sem piscar uma vez por ser tão envolvente, tão carismática e por passar essa sensação de nostalgia que adoramos.
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

16 julho 2016

10 séries não originais da Netflix que estão na Netflix para maratonar!

Por em 16.7.16


Julho chegou e as férias também! Bom, pelo menos para quem não trabalha ou estuda em alguma das universidades federais que sofreram com as greves do ano passado... Enfim, muitos aproveitam essa época do ano para viajar, se divertir com programas locais ou só zapeando os canais de TV à procura de algo interessante.

Pensando nisso, o QAQI? montou essa lista com dez séries não originais da Netflix para você tirar os dias (ou até semanas) de julho para deitar na cama ou no sofá e simplesmente curtir as temporadas no maior programa de stream do mundo. Vale lembrar que as séries que estão aqui têm mais de três temporadas na Netflix. Algumas estão completas, mas outras ainda falta a atualização da empresa.

Ah, e se você é uma pessoa que curte mais filmes, o QAQI? também fez algum tempo atrás uma lista com dez filmes de amizade que você não pode perder na Netflix!

1. Downton Abbey



A série conta a história da família Crawley e seus criados no começo do século XX na Inglaterra. Já no primeiro episódio, o Titanic afunda e o herdeiro do Conde Crawley acaba morrendo. Então, começa a busca do Conde para conseguir casar sua filha mais velha, a esnobe Mary, com o próximo herdeiro para que não percam a herança e a mansão onde moram.

Ganhadora de três Globos de Ouro e de onze Emmy, Downton Abbey é um drama que te prende do começo ao fim. Os personagens são cativantes e as storyline são interessantes, principalmente para quem é fascinado pelo modo de vida dos lordes do começo do século ou simplesmente goste de história. A série tem seis temporadas e acabou no ano passado, mas está disponível apenas até a temporada cinco na Netflix.

2. Orphan Black


Não deixe o título de "Original Netflix" enganar você: Orphan Black foi criada pela BBC America em 2013 e só neste ano a grande empresa de stream garantiu os direitos de transmissão da série. Particularidades a parte, a série segue a vida da destemida Sarah Manning depois que ela descobre que integra um programa de clones e precisa se safar de muita coisa para proteger sua família.

Elogiada desde o seu lançamento, a série garantiu uma indicação para a talentosíssima Tatiana Maslany no Globo de Ouro e outras duas no Emmy. Você provavelmente já deve ter ouvido falar de Orphan Black, e o que está fazendo para ainda não ter visto a série? As quatro temporadas estão completinhas lá no serviço de stream.

3. The Walking Dead


Se você nunca ouviu falar de The Walking Dead, então você esteve em coma (sem trocadilhos) nos últimos seis anos. A série é uma das mais populares do mundo inteiro e toda vez que estreia uma temporada bate recorde de audiência. Os episódios seguem o ex-xerife Rick Grimes e seu grupo pelos Estados Unidos enquanto tentam lidar com a infestação de zumbis que tomou o mundo. Além de, é claro, se depararem com grupos nada amistosos.

Referência em séries de zumbis que deslanchou uma nova onda de produtos, filmes e tudo o que se pode imaginar sobre a criatura, The Walking Dead tem momentos de tirar o fôlego, alguns por serem extremamente entediantes e outros que realmente te deixam de queixo caído pela qualidade da série. As cinco primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix.

4. Friends


Considerada por muitos a melhor série de comédia de todos os tempos, Friends dispensa apresentações. Quando estreou, em 1994, teve um sucesso moderado que só cresceu ao longo dos anos. Hoje, a série é quase mítica e sempre figura em listas das melhores séries do século.

A série segue a vida de seis amigos que moram em Nova York pela metade dos anos 90 e começo dos anos 2000. Acredite, você vai rir, chorar, se divertir e chorar ainda mais. É uma boa pedida para um fim de semana preguiçoso, afinal cada episódio tem apenas 22 minutos. Vale a pena ver e rever todas as dez temporadas da série disponíveis na Netflix.

5. Breaking Bad


Conhecidíssima como a noite de Paris, Breaking Bad se passa na cidade de Albuquerque, nos Estados Unidos, onde um professor de química diagnosticado com câncer e frustrado com a vida resolve fazer e vender metanfetamina com um ex-aluno para que sua família tenha um futuro depois da sua morte.

No começo, em 2008, a série foi afetada pela crise dos roteiristas de Hollywood, mas isso não tirou seu sucesso. Breaking Bad entrou no Guinness Records como a série mais bem avaliada pela crítica de todos os tempos. Acha pouco? Bryan Cranston levou por três anos seguidos o Emmy de Melhor Ator em Série Dramática por interpretar Walter White. As cinco temporadas estão disponíveis na Netflix.

6. Gossip Girl


Que fenômeno que era Gossip Girl, vocês se lembram? A série que mostrava a vida dos adolescentes milionários do Upper East Side, um dos mais mais ricos de Nova York, e logo ganhou o mundo, virando referência de moda e estilo. Ninguém conhecia estes nomes antes da série: Blake Lively, Taylor Momsen, Leighton Meester e tantos outros.

A série foi perdendo qualidade ao longo dos anos, principalmente depois da revelação de quem era "A Garota do Blog" (o que levou a internet à loucura de raiva), mas ela conseguiu manter o glamour e brilho dos anos dourados. As seis temporadas completas estão lá na Netflix para quem deseja ver e rever esse clássico adolescente.

7. Lost


Essa série causou furor enquanto era transmitida nos Estados Unidos. Com plot twists de endoidar qualquer um, Lost até hoje permanece no imaginário da cultura pop. A trama era simples, mas complicada: a série seguia os 48 sobreviventes de um acidente de avião e também mostrava flashbacks e flashforwards desses sobreviventes.

Criada por J.J. Abrams (ele mesmo, de O Despertar da Força), a série ganhou um Emmy de Melhor Série Dramática em 2005 e também abocanhou um Globo de Ouro no mesmo ano. Depois que Lost terminou, em 2010, muitas outras séries tentaram seguir seus passos e histórias únicas, mas falharam. As seis temporadas da série estão na Netflix.

8. How I Met Your Mother


Há rumores que existem dois tipos de pessoas neste mundo: as que preferem Friends e as que preferem How I Met Your Mother. Se você não curtiu Friends, mas queria outra série de comédia cult para assistir, talvez How I Met Your Mother seja para você. Basicamente, a série conta a história de Ted Mosby no ano de 2030 contando para os seus filhos como conheceu a mãe deles.

Conversa vai e conversa vem, nove temporadas se passaram. O final talvez tenha sido uma decepção para alguns fãs da comédia, mas isso não descarta ou diminui o sucesso que a série fez na segunda metade dos anos 2000. How I Met Your Mother ganhou sete Emmy, incluindo um para Neil Patrick Harris e outro para Alyson Hannigan. A série está disponível na Netflix com todas as suas nove temporadas.

9. Elementary


Não vamos entrar em méritos sobre qual é melhor: Elementary ou Sherlock. As duas séries têm suas particularidades e são únicas à sua maneira. Ambientada em Nova York, Elementary segue a vida do famoso detetive Sherlock Holmes, que se recupera do vício das drogas com a ajuda de sua monitora Joan Watson.

Bem estruturada e com elementos que remetem às histórias de Arthur Conan Doyle, Elementary é um "must-see" para quem gosta do detetive. Então, que não curte a série por causa desse preconceito sobre o fato da Watson não ser um homem... vamos apenas aproveitar Lucy Liu nesse papel brilhante, beleza? As três primeiras temporadas da série estão na Netflix.

10. Buffy The Vampire Slayer


A gente vai fechar esse Top 10 com um clássico cult dos anos 90. Se não fosse pela criação de Joss Whedon, nenhuma outra série de terror e ficção adolescente que se seguiu (como Supernatural) existiria. Buffy Summers é apenas uma adolescente na pequena cidade de Sunnydale que tem que lutar com vampiros e outros monstros como a única garota que pertence à linhagem das Caçadoras.

Aclamada pela crítica e atemporal, Buffy The Vampire Slayer conquistou fãs pelo mundo todo e não parou só na televisão: depois da exibição da última temporada da série, Buffy ganhou uma continuação em quadrinhos. A série é essencial para quem gosta de coisas sobrenaturais e uma trama adolescente bem escrita. Todas as sete temporadas estão disponíveis na Netflix.

30 junho 2016

A série de terror "Dead Of Summer" já está entre nós, vem saber mais sobre!

Por em 30.6.16

Demorou mas a espera finalmente acabou meu povo! A tão aguardada nova série de terror sobrenatural adolescente estreou! Dead of Summer, é uma série de terror criada por Adam Horowitz, Eddy Kitsis e Ian Goldberg, trio responsável por Once Upon a Time.

Ambientada no final dos anos 80, a primeira temporada que estreou na última terça-feira (28 de junho) vai girar em torno de um acampamento de verão, onde uma antiga lenda regional desperta e transforma as férias dos jovens residentes em uma experiência assustadora. 

Cada temporada abordará temas diferentes, no melhor estilo American Horror Story. 


Elizabeth Mitchell (Revolution, Lost), Elizabeth Lail (Once Upon a Time), Mark Indelicato (Ugly Betty) e Paulina Singer (Gotham, South of Hell) estão entre os confirmados no elenco.



A nova empreitada televisiva será transmitida pelo canal americano Freeform toda terça feira! E ai já assistiu, gostou? Conta pra gente!
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

Fica que vai ter série boa pra conhecer: novas produções que você precisa colocar na sua watchlist!

Por em 30.6.16

Ta procurando novos baphos pra acompanhar? Então me dá a mãozinha e vem comigo! Tem de um tudo: drama, suspense, terror sobrenatural e comédia beirando ao pastelão. Algumas são novíssimas e outras nem tanto mas vale a pena comentar.

O canal USA programou para o dia 21 de junho a estreia de Queen of the South, remake americano da novela colombiana La Reina Del Sur, a qual era uma adaptação da obra de Arturo Pérez-Reverte.

Estrelada pela brasileira Alice Braga, a história acompanha a vida da mexicana Tereza Mendoza, uma mulher que precisa fugir do país quando seu namorado Guero, um traficante, é assassinado. Agora morando nos EUA, ela coloca em prática um plano para acabar com o cartel de drogas que a persegue. Neste meio tempo, ela se torna sua nova líder.

No elenco também estão Justina Machado (Six Feet Under, Welcome to the Family), Hemky Madera (Weeds), James Martinez (Breaking Bad, Aquarius), Adriana Barraza, Joaquim de Almeida (24 Horas), Peter Gadiot (Once Upon a Time in Wonderland, Matador), Carlos Gomez (The Glades, Gang Related), Mark Consuelos (Alpha House, Kingdom), Verónica Falcón, Gerardo Taracena e Jon Ecker (Narcos). A primeira temporada contará com 13 episódios.



O mundo sem escrúpulos da família "Greenleaf" com segredos obscuros e mentiras, e sua imensa igreja em Memphis. Primeiro episódio já tá rolando na web.


Após ter passado a noite com uma mulher desconhecida, um homem acorda e a encontra esfaqueada até a morte e é acusado de tê-la assassinado. A investigação policial denuncia as complexas relações entre os casos analisados pela polícia de Nova York, procedimentos legais, sistema criminal e o “feroz purgatório” de Rikers Island, onde os acusados são mantidos enquanto esperam pelo julgamento. Primeira temporada.



Série romena de drama e humor negro que acompanha a vida de Relu (Serban Pavlu), que leva vida dupla como taxista e cobrador de dívidas e pau para toda obra da máfia romena.

Depois de matar acidentalmente um homem, ele passa a sofrer uma crise de consciência, que o leva a tomar a decisão de deixar a vida do crime. Mas nem tudo sai conforme o planejado. Primeira temporada encomendada.



Essa acho que todo mundo já está sabendo mas não custa nada ressaltar! Outcast é uma nova série baseada na HQ homônima de Robert Kirkman. A trama de Outcast acompanha Kyle Barnes, um homem que é atormentado por uma possessão desde a infância. Agora adulto, ele embarca em uma jornada espiritual para encontrar respostas – mas o que ele descobre pode significar o fim da vida na Terra como a conhecemos. Primeira temporada em andamento.



Tommy e Dion são dois amigos à beira da falência emocional e financeira. Juntos, eles lutarão contra essa barra pesada alimentando um sonho: montar um restaurante de alta classe no lugar de onde vieram, o Bronx. Para crescer e vencer, eles terão de mostrar sua pior faceta, traindo e manipulando no trato com gente da pior espécie, de funcionários corruptos e pequenos criminosos a mafiosos violentos. Já está no 1x4 episódio!



Animal Kingdom é um drama de família centrado em Joshua “J” Cole, um garoto de 17 anos que se muda com seus parentes para um praia do sul da Califórnia após a morte da mãe, vítima de uma overdose de heroína. Logo, Josh mergulha na vida de indulgência e excessos da família, que ele logo descobre, é fundada em atividades criminosas.

Controlado pela durona avó do garoto, a matriarca Janine “Smurf” Cody, e pelo braço direto Baz, que gerencia os negócios e toma as decisões, o clã conta traz Pope, o mais velho e mais perigoso; Craig, o destemido filho do meio; e Deran, o problemático e desconfiado caçula. O grupo ainda traz Nicky, a namorada de J, e Catherine, a esposa de Baz e mãe da filha de 3 anos do casal, Lena. Primeira temporada.



Uma distinta família de Boston tenta se manter íntegra depois que se descobre que o recentemente falecido patriarca da família estava ligado a uma série de assassinatos ao longo das últimas décadas. Para piorar, há uma suspeita crescente de que um cúmplice nos crimes é da família. Primeiro episódio já está disponível. 



Baseada no filme de 1989 — traduzido para português como Quem Vê Cara Não Vê Coração — a nova comédia é centrada no tio Buck (Mike Epps, de Se Beber, Não Case!), um homem divertido mas irresponsável, que precisa arrumar um emprego e um lugar para dormir. Por uma feliz coincidência, a babá de seus sobrinhos acabou de deixar o emprego, e seu irmão e cunhada precisam de sua ajuda com as crianças.

No elenco estão também Nia Long (Vovó… Zona), James Lesure (Las Vegas), Iman Benson, Sayeed Shahidi (Ameaça Terrorista) e Aalyrah Caldwell (Cardinal X). Primeira temporada. 
  


Um avião cai em uma ilha remota no meio do oceano. Dois melhores amigos, junto a um grupo extremamente diversificado de sobreviventes, devem se ajustar à vida em meio a este mundo perigoso e algumas ameaças provocadas por eles mesmos.

É tipo um Lost da nova geração!



A série é estrelada por Jason Jones (The Daily Show) e Natalie Zea (Justified) como pais de duas crianças em uma viagem na estrada. Cada etapa da viagem é cheia de desastres, e a família encontra problemas a cada curva. Parece ser divertidíssima né! Primeira temporada em andamento.



Criada e estrelada por Billy Ray Cyrus (sim o pai da Miley), a sitcom acompanha a vida de Vernon Brown, um ex-cantor country que, após vinte anos no ostracismo, reaparece em Laughlin, Nevada, como o segundo melhor imitador de Elvis Presley.

Mas sua vida sofre uma nova reviravolta quando ele é preso por embriaguez e arruaça, sendo sentenciado a prestar serviços comunitários em uma igreja. Sem perspectivas, ele acaba assumindo a identidade do novo pastor da congregação, onde descobre ser pai de Charlotte (Madison Iseman) uma menina de quinze anos de idade.

Charlotte é filha de Debbi Lynn Cook (Joey Lauren Adams, de United States of Tara, Switched at Birth), com quem Vernon passou uma noite. Atualmente, Debbi vive com o namorado desempregado Ronnie (John Sewell).

No elenco também estão Travis Nicholson, Isiah Whitlock Jr. (Rubicon, Lucky 7), Sunny Mabrey (The Client List), Jeremy Childs (Nashville), John Newberg, Chelsea Talmadge e Big Mike Griffin. Primeira temporada em andamento.



Guilt é um thriller que gira em torno de uma americana em Londres, que se torna a principal suspeita no assassinato selvagem de sua companheira de apartamento. Enquanto investigação se desenrola, os espectadores vão questionar se ela é uma menina jovem e ingênua, cujas decisões ruins de vida estão sendo ampliadas sob o olhar implacável dos tabloides britânicos, ou se ela é uma sociopata que assassinou brutalmente sua amiga. 



O jovem Gareth chega a Washington para trabalhar para um proeminente senador apenas para descobrir que o governo federal parou de funcionar em decorrência da chegada de alienígenas que se alimentaram do cérebro de boa parte dos políticos. A belíssima e talentosa Mary Elizabeth Winstead (de The Returned e Rua Cloverfield 10) está no elenco! Dois episódios da primeira temporada já disponíveis na web.

Uffa.. Enfim acabou! E ai, se interessou ou já está acompanhando alguma? Será que essas novas apostas das emissoras vão colar? Oremos e veremos.
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

21 junho 2016

QAGI? Review | Mais humana, a quarta temporada de Orange Is The New Black toca na ferida com assuntos polêmicos

Por em 21.6.16

Se você é assim como eu, fã de Orange Is The New Black, com muito tempo livre nas mãos e já terminou a quarta temporada, lançada na última sexta-feita (17), você está mais que convidado a ler essa review. Se você ainda não terminou a temporada ou sequer começou, sugiro que vá com cuidado. Tentarei manter o mínimo de spoilers possível, mas com certeza deixarei alguns escapar. Então, vamos lá!

Orange é um fenômeno desde que saiu, lá em 2013. A série conta a história de Piper Chapman, baseada na vida de Piper Kerman, uma mulher acusada de lavagem de dinheiro enquanto namorava Alex Vause, traficante de um cartel internacional. Durante a vida na prisão, Piper se envolve com as prisioneiras e suas histórias também são contadas. Em algum momento entre as temporadas, a gente percebe que se importa mais com as detentas do que com Piper.


A quarta temporada começa exatamente onde a terceira acabou: com um bando de novas detentas chegando e as conhecidas tomando seu merecido banho no lago ao lado da prisão. Piper acha que é a cacique de Litchfield e passa a metade da temporada tentando se impor e manter seu negócio de calcinhas, que deu uma escorregada por conta de Stella.

Ela encontra uma concorrência: Maria, das latinas. Antes, Maria era apenas uma ajudante da cozinha que tivera uma filha na prisão e sofria por não vê-la sempre. Agora? Maria comanda uma legião de novas latinas e quer monopolizar o negócio de Piper. Ela consegue e, não satisfeita, faz mais: começa a contrabandear drogas.

Falando em drogas, Nicky Nichols está de volta na segunda parte da temporada, clamando estar limpa depois de seu tempo na segurança máxima mas procurando que nem uma insana drogas dentro de Litchfield. O plot de Nicky é interessante e nos deu cenas maravilhosas dela com a sua "mãe" Red, mas já está batido. Nicky vem lutando contra o vício há tempos e seria bom ver uma quinta temporada com ela realmente limpa das drogas.

Alex Vause está vivíssima e realmente gostei da forma que Orange nos mostrou isso: simples e rápido, ao contrário de outras séries (*tosse* Orphan Black *tosse*). O guarda que tentou sufocá-la foi morto bem a tempo por Lolly, a mesma que Alex pensava ser uma espiã de Kubra. Na verdade, Lolly é sofre de esquizofrenia e acha que o mundo está conspirando contra ela. Muitas vezes ela ameça contar o que realmente aconteceu, mas todos a chamam de louca e até Lolly pensa que o que fez não foi real. Sua história é uma das mais tristes da temporada.

Uma das surpresas em Litchfield foi a transferência de Judy King para lá, causando delírios em Poussey. A famosa mestre-cuca faz de gato e sapato os trabalhadores da prisão e até um pouco das detentas. As cenas mais divertidas da temporada certamente foram as que Black Cindy tenta tirar uma foto de Judy para ganhar dinheiro e elas acabam acidentalmente se tornando um casal falso.

Algo que me irritou na temporada foi o grande destaque que Caputo ganhou, algo que já aconteceu na terceira temporada após a saída de Larry. Caputo é um bom personagem que tenta fazer o melhor pela prisão, mas seu destaque é desgastado e irritante. Nenhuma pessoa que assiste a série precisa saber de sua vida amorosa com a insuportável Linda.

O fim triste de Healy me fez arrepender um pouco de tê-lo odiado durante quatro temporadas, mas não justifica sua misoginia interna e homofobia escrachada. Os roteiristas de Orange tentam bastante fazer de seus personagens homens sejam meio chatos, e eles sempre acertam. Talvez o homem menos chato que tenha na série seja o Luschek, afinal ele sabe o tanto que é chato.


A quarta temporada de Orange tratou de temas delicados, como o racismo reverso (que não existe, tá bom?), a transfobia e a brutalidade da polícia. Piper acidentalmente criou um grupo de extremistas brancas que querem por tudo acabar com as minorias da prisão.

Ver as detentas extremistas xingando as minorias, tratando-as como nada e sentindo orgulho de serem brancas me deixou com medo, pois sei que há gente muito pior que elas no mundo real, tão cegas pelo extremismo que matam e torturam e pensam que estão certos. Nós rimos de Orange porque entendemos que a supremacia branca é ridícula e retrógrada, mas quantos não pensam o contrário?

Sophia teve muito menos destaque nesta temporada que nas outras. Ainda presa na solitária por causa dos ataques transfóbicos que sofreu, ela faz de tudo para chamar a atenção de Caputo. A sua mulher não tem notícias de Sophia e implora para que o diretor de Litchfield faça alguma coisa. É de cortar o coração o que Sophia tem que passar, mesmo que no fim ela volte para a prisão.

Os novos guardas contratados para Litchfield são ex-militares e sua brutalidade é vista por toda a temporada. O capitão da guarda, Piscatella, é o pior deles. Autoritário, misógino e agressivo, ele é um perigo para todas as detentas por não pensar nelas como seres humanos, mas algo inferior, que só estão ali para cumprir sua pena e nada mais. É revoltante ver os seus subordinados maltratando as detentas (há um que abusa física e psicologicamente de Maritza que, na minha opinião, é o pior de todos). No final, o despreparo da guarda de Litchfield causa revolta e ódio.

Orange Is The New Black trouxe a sua temporada mais obscura e cruel. Com histórias que te deixam incomodado pelo tanto que se semelha à realidade e atuações dignas de um Emmy para cada atriz, a série enfia com gosto o dedo na ferida em assuntos pertinentes. O humor continua lá, se fazendo presente em cada cena que você deveria estar preocupado pelo seu conteúdo real.

O fim trágico e cheio de adrenalina da temporada deve mudar tudo que conhecemos sobre Orange. As reais consequências dos atos brutais dos guardas só devem vir na quinta temporada. O início do novo romance entre Alex e Piper pode se complicar no próximo ano. Só nos resta agora rever as temporadas mais antigas e contar os dias para junho de 2017, quando a Netflix deve lançar o quinto ano da série. Ah, e também prometer não assistir os 13 episódios em um só fim de semana.
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

20 junho 2016

Triste, mas real: "Penny Dreadful" chega ao fim depois de três temporadas!

Por em 20.6.16

Encerrada a exibição da terceira temporada de Penny Dreadful, no canal americano Showtime, a notícia do cancelamento e, assim, fim da série foi anunciada.

John Logan, criador da série, afirmou que "a história de Vanessa [Eva Green] tinha que chegar ao fim" em entrevista, revelando ainda que a decisão já havia sido tomada havia algum tempo. 

Para o criador, "a série sempre foi sobre Vanessa Ives e sua luta com a fé" e com isso ele nem mesmo considerou continuar a história sem a personagem.
"Olá, meu nome é John Logan e eu sou o criador de Penny Dreadful. Quero agradecer a todos vocês pelo incrível apoio nos últimos três anos. Escrever e produzir Penny Dreadful foi uma das experiências criativas mais incríveis da minha vida e quero agradecer ao nosso incrível elenco e equipe por todo o duro trabalho. Penny Dreadful sempre foi planejada para ter exatamente três anos, então acho que contamos uma boa história e agradeço novamente por todo o apoio", disse Logan em depoimento.

A terceira temporada de Penny Dreadful se despede do público com pouca divulgação, mas ótimas críticas, pois para Logan "a série tem uma base de fãs muito apaixonada e isso os deixaria muito emocionais".

Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

PODE GRITAR! "How to Get Away With Murder" já tem mês pra voltar e, pelo visto, as gravações já começaram!

Por em 20.6.16

A ABC ainda não divulgou o mês e data oficial para o retorno de How to Get Away With Murder, mas um dos escritores e executivos da série, respondeu a um seguidor do twitter (em março) e deixou todos os fãs da séries soltando fogos.


Na sexta (17), Pete postou em sua conta do instagram, uma foto que dá a entender que as gravações, ou pelo menos a leitura, para a 3ª temporada, começaram.

Uma foto publicada por Pete Nowalk (@petenowalk) em


Então, agora é só colocar na agenda e ficar torcendo pra ser uma temporada de tirar o fôlego. VEM VIOLA!
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

WEEK TOP POST!

Todas as imagens publicadas nesse site são retiradas da internet. Caso você tenha direito sobre alguma delas e queira que essa seja devidamente creditada ou, até mesmo, excluída, entre em contato para pronta operação. Programação e Design por Roberto Júnior.