O QUÊ VOCÊ PROCURA?

EXAGERADAMENTE POP! http://www.qualagrandeideia.com/

Mostrando postagens com marcador Gossip. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gossip. Mostrar todas as postagens

09 maio 2016

Há 10 anos, no auge do Orkut, esses álbuns eram lançados, vem sentir nessa nostalgia com a gente!

Por em 9.5.16

Foi em 2006 que o Orkut estava no auge e começou a liberar quem visualizou o seu perfil. High School Musical era a atração do momento, assim como Rebeldes no SBT. O Fotolog era o Instagram da época e todo mundo se comunicava pelo MSN.



Lembrando essas coisas, realmente dez anos atrás parece uma eternidade, mas vendo pelo lado musical, parece que foi ontem! Por isso, separamos uma lista com os dez álbuns pop que, por mais que a gente se recuse a acreditar, estão completando dez aninhos de lançamento!

Christina Aguilera – Back to Basics
Há dez anos, embalado pela persona Baby Jane, foi lançado o "Back to Basics" da Christina Aguilera. O vozeirão da cantora emplacou há dez anos um álbum cheio de hits como “Candyman”, “Hurt” e “Ain’t No Other Man”.




Nelly Furtado – Loose
Nelly Furtado teve o melhor momento de sua carreira há dez anos quando lançou o "Loose". Com uma total mudança na imagem e sonoridade, o álbum foi um sucesso na época, vendeu milhões de cópias ao redor do mundo, rendeu uma turnê mundial e vários hits. Certeza que todo mundo lembra de “Promiscous”, “Maneater” e “Say it Right”. Pura nostalgia!


Lily Allen – Alright, Still
Alguns artistas e bandas estavam aliados a redes sociais que estavam em alta no momento. Assim como Cansei de Ser Sexy deu os primeiros passos no Fotolog, foi no Myspace que a britânica Lily Allen surgiu. Ela lançou o “Alright, Still” e graças a músicas como “Smile” e “LDN”, teve sua carreira catapultada ao sucesso mundial.



Beyoncé – B’Day
“To the left, to the left...”. O "B’Day" foi o segundo álbum solo da Queen B e teve a responsabilidade de manter todo o hype que ela causou com o debut. E não fez feio! O álbum veio cheio de hits como "Irrepleaceable", "Deja Vu", "Upgrade U", além de "Beautiful Liar", dueto com Shakira


Fergie – The Dutchess
Teve "Fergalicious", "London Bridge", "Clumsy" e “Big Girls Don’t Cry”... Para um primeiro álbum solo, a vocalista do Black Eyed Peas fez bonito! Inclusive saudades Fergie, não é?


Justin Timberlake - FutureSex/LoveSounds
O segundo álbum do Justin Timberlake foi lançado no segundo semestre de 2006 e vendeu mais de 16 milhões de cópias. A ideia original seria um disco duplo, um com canções românticas e o outro com canções dançantes, mas de última hora a ideia foi descartada. De toda forma, “Sexyback” está completando dez anos, dá para acreditar?



Amy Winehouse – Back to Black
Um dos álbuns mais vendidos do mundo está completando dez anos também. "Back to Black" mostrou ao mundo o talento da britânica Amy Winehouse e conta com os melhores trabalhos da cantora como "Love is a Losing Game", "Tears Dry On Their Own" e "Rehab". Saudades, Amy! :(



P!nk - I'm Not Dead
Nesse ano quem também deu as cara, já com seu 4º álbum foi a cantora P!nk para dizer que não estava morta, 3 anos depois do lançamento do disco Try This. Com a icônica "Stupid Girls", a cantora voltou  na época toda cômica e descontraída, mostrando várias facetas de P!nk, sendo ainda agressiva com "U + Ur Hand", melancólica com "Who Knew" e ainda mais melancólica com "Nobody Knows". Só sucesso, não foi?



Taylor Swift - Taylor Swift
Os poucos que viram Taylor estreiar com seu álbum homônimo até gostaram, não se importaram, mas dificilmente aposatram que a cantora se tornaria a cantora que é hoje! Sem nenhum sucessor memorável, seu maior holofote só veio no segundo álbum Fearless, de 2008.


Ciara - Ciara: The Evolution
Mesmo com o sucesso "Goodies", gostoso, mas nada extraordinário, numa época onde o rap já soava cansado de tanta formula repetida que se ouvia, Ciara mostrou com música como "Like a Boy" e "Get Up", em parceria com Chamillionaire, por quê o nome do álbum era The Evolution.


Outros álbuns que também completam 10 anos, que parecem que foram ontem são o Ta-Dah do Scissor Sisters, Was Here da Kelis e Stading in the Way do Gossip! Quanta nostalgia junta, não? Já estamos reouvindo tudo no Spotify!

Será que esquecemos de algum?
Qual a Grande Ideia? QAGI? www.qualagrandeideia.com www.qualagrande.blogspot.com.br

18 março 2013

Mas o quê!? Vocalista do trio Gossip, Beth Ditto, é presa por perturbação da ordem nos EUA!

Por em 18.3.13

A talentosíssima, fofusca, mas também muito doida Beth Ditto, vocalsita do incrível Gossip, foi presa - na madrugada da última sexta, em Portland, nos Estados Unidos, de acordo com o site inglês NME

Segundo o jornal local de Portland, o Willamette Week, Beth já bem colocada, descontrolada, goró de tão bêbada, teve os serviços negados e transtornada foi até o meio da rua onde atirou os sapatos e a bolsa em qualquer direção e começou a gritar "OBAMA! OBAMA!"...

Levada por perturbação da ordem pública quase ás 2 horas da manhã, a cantora foi solta no sábado mesmo, após pagamento de fiança. Agora ela aguarda julgamento e pode pegar até 6 meses de prisão se condenada. 

Reprodução / Polícia de Multnomah County

Então... Eu apenas daria tudo pra ver a cena dela gritando o nome do presidente bacanudo hahahaha

15 fevereiro 2013

Tem emprego de todos os tipos em "Get a Job", novo clipe do Gossip!

Por em 15.2.13

Atrasados, mas a postos, vamos finalmente falar sobre o novo clipe/single do Gossip, para a música "Get a Job", depois de "Perfect World" e "Move In the Right Direction", do primoroso A Joyful Noise, do ano passado! (Por que nós podemos, mas quem quer se manter e gosta do emprego, que nem o Gossip, não.)

Após muitas prévias fotográficas, o novo clipe do trio, para uma das melhores faixas do último álbum, acho que a segunda melhor na minha opinião, não conta nenhuma história sobre alguém vagabundo, como sugere a música, mas através de vários anuncios e situações, espalhadas por um jornal.


02 novembro 2012

Beth Ditto explora loja de Stella McCartney no filme fashion "The Lock In"!

Por em 2.11.12

Que Beth Ditto é um ícone pop e tem suas excêntricidades fashion-bizarras, mas dignamente naturais, todo mundo já sabe. Talvez não seja tão explícito assim, que, além de se vestir ao nível "posso ser chamada fashonista", a cantora, vocalista do Gossip (com carreira solo paralela e no momento parada) e musa (entre todas da categoria gorda com orgulho), Beth também é amiga de estilistas!

E, por isso, ela estrêla o novo filme de Stella McCartney, "The Lock In", ao som de "Melody Emergency" do último álbum do Gossip, o A Joyful Noise (<3). No vídeo/filme, dirigido por Mary McCartney, durante a noite, Beth se vê sozinha e com uma lanterna na mão para seu passeio quase investigativo pela loja da estilista na Bruton Street, em Londres. 

07 maio 2012

Um comentário rápido dos últimos leaks: Adam Lambert, B.o.B., Gaby Amarantos, Gossip, Karmin e Rye Rye!

Por em 7.5.12

Vou começar pelos que mais gostei e tenho ouvido e descer até os que menos gostei, me decepcionei, ou simplesmente não tenho nada contra, ou pra pra falar. Lembrando que não estou comparando os álbuns, apenas expondo meu ssentimentos em ordem decrescente. Vamos lá?

O novo álbum do B.o.B. é tudo. Com parceira de Nicki Minaj, Taylor Swift, Lil Wayne, Chris Brown, T.I., muitos outros e até Morgan Freeman (:0) o Strange Clous é uma mistura incrível do que os rappers transformaram o Hip Hop. Na mesma linha rap inteligente de Kanye West, B.o.B arrasa com baladinhas românticas, electro pop, pop e outros ritmos que pegam fácil industrialmente atualmente e incrimenta com seu rap saudável, facilmente digerível, muito contagiante e impactante nos momentos certos. Voraz com o trabalho, gente.

Se destacam "Bombs Away (feat. Morgan Freeman)", "Ray Bands", "Both Of Us (feat. Taylor Swift)", "Strange Clouds (feat. Lil Wayne)", "So Good", "Play For Keeps", "Out of My Mind (feat. Nicki Minaj)", "Never Let You Go (feat. Ryan Tedder)" e "Castles (feat. Trey Songz)".  6/15 faixas. O álbum já tem 2 clipes: "Strange Clouds", "So Good" e tá vindo mais um, pra música com a Taylor.



Brasileiro não, todo! Sabe o Brasil? Então, não tenho mais nada pra falar. Mas vou, rs O álbum de estreia da metida e linda da Gaby Amarantos tem conquistado as donas de casa com o single "Ex Mai Love" e agora os hipsters e pseudo descolados de todo o pais com o Treme.

Em versões mais povão e eletrônicas de ritmos tupiniquins, até de outros países e regravações de alguns sucessos do norte e nordeste nacional, Gaby vem com tudo em um dos trabalhos mais gostosos do ano onde destacam-se: "Xirley", "Ex Mai Love", "Ela Tá Beba Doida", "Merengue Latino", "Pimenta com Sal", "Gemendo", "Vem Me Amar", "Galera da Laje", "Ela  tá No Ar", "Eira" e "Faz o T". 11/14 faixas. 1 clipe lançado: "Xirley".



Pelejou, apelou e conseguiu! Adam tá de volta corrigindo todos os erros do álbum de estreia em um trabalho bem mais animado, industrial e menos morgado, monótono e chato. Chatíssimo. Mas ficou pra trás porque tá muito, gente, repetindo, muito delícia esse álbum novo do cantor.

Destaque para todas, menos para: "Broken English", "Underneath", "Outlaws of Love", "Take Back" e "Nirvana". 10/15 faixas são realmente boas em todos os aspectos. As outras não são ruins, mas também não fazem muita diferença.

O álbum já tem 1 clipe lançado. "Better Than I Know Myself". 



Pega o último álbum do Gossip, Men In Love, joga um pouco de tristeza, tira as faixas pop animadonas, contagiantes, que nos amamos e que fizeram a fama de hoje do grupo que você terá o que parece ser o um Men In Love sem o que há de bom. Isso não descarta de forma alguma a qualidade fantástica do A Joyful Noise. Que mostra o amadurecimento e a ousadia do grupo.

Só que... tá fechado demais, avulso demais e broxante pra quem esperava ousadia só que no mesmo compasso do 4º e melhor álbum do trio até agora. E nem vem. Todos realmente esperavam por um Men In Love 2.0. As faixas animadas e contagiantes ainda existem, mas em climões de produções dos anos 80/90 e tomadas pela atmosfera negra do álbum.

Destacam-se: "Melody Emergency", "Perfect World", "Get a Job", "Move In The Right Direction", "Into The Wild", "Get Lost", "Involved" e "Love in A Foreing Place". 8/11 faixas. 1 clipe lançado: "Perfect World".



Vazou, tá sabendo, né? Indiferente pra mim. Nem curto, nem "discurto". Nenhuma música me envolveu, mas também não achei nenhuma ruim, achei uma mistura a se pensar de Katy Perry plus Olly Murs plus Nicki Minaj.



Go! Pop! Bang!, que raiva de você! :( Sério, muito chateado por não curtir o álbum de estreia da apadrinhada por M.I.A., a minha conhecida desde a long time ago, Rye Rye.

Há muito tempo eu comento aqui no blog uma tal de uma pasta que vazou há também muito tempo e que me encantou na época. Logo depois eu descobri que se tratava de uma pasta com prováveis músicas do álbum de estreia de uma novata apoiada por M.I.A. E talvez esse tenha sido o motivo para eu ter me decepcionado tanto com o álbum e com Rye Rye.

O trabalho trás TODAS as músicas da pasta vazada há anos com o acrescimento 3 músicas e mudanças estupidas na ordem das faixas. O que me deixou mais triste foi ficar chateado por uma besteira tão grande e tão fatal. A ordem das faixas, antes perfeita, cagou tudo e ficou pior ainda com a entrada de "DNA (feat. Porcelain Black)" e um remix de "Never Will Be Mine".

"Shake Twist Drop (feat. Tyga)", a inédita que presta, é um ponto positivo. E... bem, todas as faixas, com exceção de "DNA" são incríveis. O que ficou ruim mesmo fui a disposição delas. E, outra coisa, eu estou avaliando a versão deluxe do álbum. Porque, creia, a standard consegue ser ainda pior com a seleção mais nada a ver para uma versão mais barata que eu já vi. 

Continuo amando as músicas. Mas dispenso essa versão final do "agregador" delas. Go! Pop! Bang! já tem 3 clipes lançados: "Sunshine", "Never Will Be Mine" e "Boom Boom".

WEEK TOP POST!

Todas as imagens publicadas nesse site são retiradas da internet. Caso você tenha direito sobre alguma delas e queira que essa seja devidamente creditada ou, até mesmo, excluída, entre em contato para pronta operação. Programação e Design por Roberto Júnior.