O QUÊ VOCÊ PROCURA?

EXAGERADAMENTE POP! http://www.qualagrandeideia.com/

Mostrando postagens com marcador Diamond Rings. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Diamond Rings. Mostrar todas as postagens

15 novembro 2017

Diamond Rings agora é JG Ballad e você precisa conhecer esse projeto!

Por em 15.11.17

Música boa a gente enaltece independente do tempo e essa dica aqui merece atenção sempre! Para quem não conhece, John O'Regan é um musicista canadense que, depois de inúmeros projetos locais fez parte dos grupos D'Urbervilles e Habitat, ingressou em seu maior e mais conhecido projeto: o Diamond Rings.



Com estreia em 2010, com o álbum Special Affections, Diamond Rings viu a mídia musical alternativa internacional virarem holofotes para sua música e arte visual descontraída, despretensiosa e pra lá de colorida.



Tido como promessa na época, o artista chegou a trabalhar como com grupos como Austra, produzindo um remix MARAVILHOSO de um de seus maiores sucessos "Lose It":



Então John chega ao seu segundo álbum de estúdio como Diamond Rings, o energético, disco e com um quê de radiofônico: Free Dimensional - de onde saíram faixas poderosas como "I'm Just Me", considerado por muitos um hino LGBT das últimas décadas.



Com a promoção desse segundo e último disco cessada com o lançamento do clipe do single "Runaway Love" e de alguns vídeo de versões acústicas de algumas músicas em seu canal Vevo, Diamond Rings sumiu. Sem cartas, sem tweets, sem qualquer anuncio. Apenas sumiu.

As últimas interações em redes sociais do artistas datam de 2013 e, creio, ficaremos para sempre sem saber o que houve. Gravadoras, selos e produtores mantem site e redes sociais do projeto ativos e tendo o disclaimer (aviso legal) atualizado, assim como a presença do artista nas listas de cantores e grupos que fazem parte do time de assessorados/contratados. Nem mesmo entrevistas com o cantor se acham.

Uma música triste para se chorar comigo:


Inconformado com tamanha falta de consideração com os fãs, vinha a meses procurando em TODOS OS LUGARES por informações sobre um dos artistas mais importantes da minha adolescência e solidificação dos meus gostos musicais, até que, finalmente, descubro que fim levou John O'Regan:


Diamond Rings agora assina como JG Ballad (e, por favor, não confundam essa brincadeira titular do artista com o musicista J.G. Ballard, autor de sucessos como Empire of the Sun) e tem trabalhado no cenário musical local de Toronto como DJ, produtor e vivendo sua vida como maquiador na sombra e calmaria da falta de necessidade de dar satisfação a uma rede mais exigente de consumidores musicais.

Como JG Ballad, John vem lançando há 3 anos cover de famosas faixas dos anos 70 e 80 (ou com essa pegada) em uma conta no SoundCloud.

A ideia toda começou com a divulgação do cover de "Wonderful Life" (1987), interpretada por Black:


E se seguiram os lançamentos de "Diamond Dancer", originalmente de Bill Callahan, "Shine a Light" do Constantines, "Bette Davis Eyes", de Kim Carnes, "Weight of The World", de Neil Young e, mais recentemente, "Constant Craving", de k.d. lang.

Então, cumpri-se aqui a minha missão. Para quem curtiu, é válido ficar de olho aqui no site e no que a carreira de John O'Regan ainda nos reserva, pois ele é bem inconstante com os seus projetos, mas sempre lança material de qualidade maravilhosos.

Eis a prova:










26 dezembro 2012

Os Melhores Álbuns de 2012 do Qual a Grande Ideia!? De Madonna a Lana Del Rey!

Por em 26.12.12
Finalmente! Depois de muito suspense, finalmente vamos matar a curiosidade de vocês e divulgar a nossa lista com os melhores álbuns do ano de 2012. Na minha opinião, essa foi a mais difícil de formar, porque excepcionalmente esse ano tivemos bons comebacks, ótimas produções e grandes álbuns de estreia, além do fato de que nossa equipe tem um gosto bastaaaante distinto um do outro, hahaha. Enfim, vamos listas apenas 10 desses incríveis materiais. Pfvr, não deixe de nos amar após ler esse post! ♥

22 outubro 2012

Da preparação a corrida, no autódromo com Diamond Rings em "Runaway Love'!

Por em 22.10.12

Diamond Rings - que teve o novo álbum divulgado na íntegra no último dia 17, fazendo, assim, com que fosse rapidamente disponibilizado para download, mas que só é lançado oficialmente amanhã (mas já me deixou completamente apaixonado, viciado e parado desde o dia do "aparecimento", pois não ouço outra coisa desde então tamanho foi o amor (tanto que nem bola para o leak da Taylor dei) - divulgou mais um clipe para o segundo álbum, Free Dimensional, sucessor do Special Affections, para o segundo single, sucessor de "I'm Just Me", a incrível (mas não minhas preferida das 10 faixas do álbum) "Runaway Love".

No vídeo, que mostra quanto o cantor cresceu e com isso fez os bolsos de sua gravadora se abrirem generosamente, depois do fantástico debut album, John está mais acessível, limpo e comercial, parecendo fácil fazer parte do "mainstream". 

Com a sua péssima, mas interessante, desenvoltura diante as câmeras, Diamond Rings passeia com amigos por autódromo preparando-se para um corrida. Pessoas bonitas, estranhas, com mascaras e até personagens da ficção aparecem para conferir a corrida onde um dos carros é pilotado pelo cantor. 

Tirando o áudio extremamente baixo o clipe não tem erros graves. Transcorre com naturalidade, prende sem muita dificuldade e harmoniza bem com a música. É básico, mas de longe o mais caro e funcional clipe do cantor.



17 outubro 2012

Diamond Rings libera novo álbum na íntegra por uma semana e novo single! "Free Dimensional" e, dele, "Runaway Love"!

Por em 17.10.12

Conferi hoje, há pouquíssimos minutos, uma das melhores notícias do ano! Diamond Rings divulgou um stream do novo álbum, Free Dimensional, na íntegra, por uma semana! Mas eu, como muito fã e ansioso desde muito tempo, tratei logo de baixá-lo por inteiro!

Bom, vim compartilhar imediatamente com vocês não só pelo fato de ter sido divulgado o stream, mas por alguns outros motivos. Primeiro: o novo álbum tá incrível e tão bom quanto o iconico e marcante Special Affections, com o qual se parece muito (só que com um pouco mais de ousadio, aliás, bem mais ousadia). Segundo: o álbum. Terceiro: junto com tudo isso, também foi divulgado o single sucessor de "I'm Just Me", "Runaway Love": rock básico, diamondringuístico, oitentista (assim como o estilo do cantor, John O’Regan, e o resto do álbum todo), rápido e... Não é uma das melhores faixas do trobalho, mas, estrategicamente, funciona.



Ainda sobre o single, também tem um remix delícia pelo Stars que você pode conferir aqui. Agora, voltando ao álbum, vamos logo a esse stream fantástico? Por que valeu mais que a pena tanta espera. Diamond Rings é uma das minhas maiores paixões musicais e esse álbum, depois de um debut que jamais será esquecido, compensa muita decepção desse ano, 2012.



O Free Dimensional será lançado no dia 23 de outubro pelo selo Secret City Records.

[Vi no Oh My Rock]

16 julho 2012

"I'm Just Me", novo single do Diamond Rings, ganha remix pela cantora francesa Yelle!

Por em 16.7.12

Como postei aqui, Diamond Rings (zzzzzzzzzzz - grunidos de felicidades) voltou. E como se a felicidade, magia e perfeição de "I'm Just Me" não fosse suficiente (o que é extremamaente), a música ganhou um remix pela cantora pop francesa mais amada de todas: Yelle!

O vozeirão roco de John e a base estrutural da música continuam quase intactos. Guitarras e sintetizadores também. Mas a explosividade atômica para a entrada da farofa na música original dá espaço no remix a efeitos yellísticos bem interessantes! Tá mais sobrio, mais Safari Disco Club depois de "La Musique" e... bem, vê o que você acha:


 www.qualagrandeideia.com

30 junho 2012

Diamond Rings está de volta e é so luz no clipe de "I'm Just Me", seu novo single!

Por em 30.6.12

Um dos álbuns que mais marcou minha vida foi, sem dúvida alguma e muito amor até hoje em dia (sem prazo de validade estipulado, ou pretendendo), é o Special Affection do Diamond Rings, codinome do muso John O'Regan.

Depois de produzir e não divulgar (pelo menos não em todos os lugares do mundo, apenas para uma parcela muito, muito, restrita dele) o clipe lindo da fantástica (e melhor música do debut álbum) "You and Me", Diamond Rings está de volta com "I'm Just Me", primeiro single do seu novo e segundo álbum - ai-que-emoção. (aaaaaaaaaaaaah, engasgo.)

Para o novo single, John preparou algo bem mais electro e um até clichê, farofa (mas, mesmo assim, ótimo) - o que se resume a, apenas, um pouco antes do refrão "rock explosive". O clipe, colorido, neon e dançante, como toda música, sintetiza bem essa essa nova fase, esse novo som, que resguarda a voz e a sonoridade ruída do primeiro álbum. Gostei, muito mesmo, mas vamos esperar por isso num conjunto de faixas, ficará ainda mais incrível. Espero. (Clipe dirigido por Jared Raab.)


www.qualagrandeideia.com

25 junho 2012

Conheça D E N A, bote fé, e vibre com "Cash, Diamond Rings, Swimming Pools", seu novo single!

Por em 25.6.12

Não pretenderia falar sobre D E N A, caso não tivesse, erroneamente, erguido um sorriso largo no rosto por pensar que "Cash, Diamond Rings, Swimming Pools", sua delícia de música, tinha participação, ou algo a ver, com o lindo e incrível John O'Regan, ou Diamond Rings. Mas, infelizmente, essa parceria não existe e que bom que eu pensei que sim, por que o som da garota é uma delícia! 



Denitza Todorova, nascida na Bulgária, mas que vive em Berlim atualmente, é a lider do projeto D E N A. Denitza, que vive de escrever canções com base no hip hop, R&B e a dance music - com uma pitada de anos 80/90 -  já participou dos dois primeiros álbuns do The Whitest Boy Alive.

O seu novo single, logo acima, é fantasticamente bem produzido e com sobreposições sonoras bem inteligentes e contagiantes que te levam sem dificuldade alguma. A música foi produzida por Jonas Verwijnen, também responsável por todo o seu debut album, e o clipe, que a faz ser lembranda como uma versão hipster da M.I.A., por Bontchev & Burchardi.



O destaque musical da garota só começou recentemente com "Cash, Diamond Rings, Swimming Pools", mas a faixa é sucedida pelo debut single "Boyfriend / Games".

www.qualagrandeideia.com

28 fevereiro 2012

Lindo e desconhecido, lançado já há quase 6 meses! Confira clipe de "You And Me" do Diamond Rings!

Por em 28.2.12

Vagando na completa falta do que ouvir me lembrei de uma das músicas que me deixa mais alegre cantando, dançando e a que me trás mais lembranças boas: nenhuma lembrança. "You And Me" do Diamond Rings é tão boa, tão incrivelmente envolvente, empolgante, contagiante, que, por si só, te leva "outro nível".

Me dei conta de que ela é a melhor música da minha vida, a que mais gosto, uma das que mais ouvi, a que melhor representa o que gosto em músicas e, talvez, a que melhor me representa, sonoramente. Dai fiz uma observação a mim mesmo: a minha música preferida de vida e do álbum Special Affections, debut do Diamond Rings, não tinha um clipe :( Na verdade tinha, e a muito mais tempo do que eu podia imaginar. Há quase 6 meses, acho, o clipe foi lançado, mas foi simplesmente bloqueado pra muitos paises, que incluem o Brasil, obvio. Não entendo porque, mas o clipe foi feito, é INCRIVEL e não ganhou credito. Amarga pouquíssimas visualizações no You Tube e só pude assistir a produção depois de caçar e fisgar no vodpop.

No clipe 2 namoradinhos infantis sofrem bullying, mas burlam os valentões com facilidade e vivem seu amorzinho lindo sem dar espaço nenhum a John O’Regan, o vocalista parece dispensável ao clipe, até que as crianças começam a brincar em volta de uma fogueira com um monstro de lama (?) e logo sobem aos céus sob luzes enlouquecidas assim como a música sugere. Entre essas cenas finais John aparece fazendo movimentos estranhos, cantando e brilhando como as a brincadeira útopica aos infinito dos protagonistas do seu clipe. Isso em HD deve ser um deslumbre.


11 março 2011

Diamond Rings - It's Not My Party

Por em 11.3.11

A alguns meses conheci, me apaixonei e fiz até um post relacionado ao Diamond Rings, o som era retrô, era diferente e na época eu estava muito carente de música nova, não suportava mais essa chicletagem nojenta que contaminou o final do ano passado, dai me apareceu John O’Regan e seu primeiro álbum de estúdio "Special Affections".

Me dei bem com todas as músicas de primeira, o que não é muito comum, passei tudo pro celular e não parava de ouvir o cara 1 minuto se quer! A videografia tosca, o jeito estranho, tudo era bacana, mas 2 das músicas que eu mais gostava não tinham clipe, não eram single. Bem "You And Me" ainda tá sem, mas recentemente "It's Not My Party", o tribalzinho gostoso, ganhou um clipe drogado que fala da vida solitária:


Não vou nem falar que a qualidade do vídeo em relação as outras produções é inigualável, incrível mesmo o esquema de camêras usado e a história meio sem história, impossível dar outra nota galerê:

[Vi no Blckdmnds]

03 dezembro 2010

Diamond Rings, eu deveria ter conhecido antes.

Por em 3.12.10

Ué, poderia se chamar "John O’Regan", mas o nome artístico do cara é "Diamond Rings" e eu prefiro assim, gosto do visual também, não usaria, acho que poucos teriam coragem, mas é colorido, apertado, surrado, fashionista e causaria até nos anos 80, ano que influência a música do cara.

O primeiro CD de “Diamond”, que começou praticamente do nada, se chama "Special Affections" e é uma delicia da pop-tribal "Play By Heart" até "All Yr Song", uma coisa meio Beatles electro (que nem disse o @matheus_mtl) com batidas "ting tings". O primeiro single do cara foi lançado precariamente em fevereiro do ano passado, ele começou muito bem, com uma das melhore músicas do álbum, começou pelo final, já que a música "All Yr Songs" é a última faixa do disco, o mais interessante no clipe dessa música, pra mim que conheci o álbum apenas essa semana é que você ouve a música de uma forma e quando vê o clipe não se sente confortável, as batidas, as melodias, as músicas do "Special Affections" não combinam com a performance do "Diamond Rings", mas essa brincadeira mal gravada é proposital, tosca e consegue agradar:


"All Yr Songs" é aquele tipo de música que revolta, mas não por ser ruim ou ter um letra que não te agrada, aliás, ela é deliciosa, é junto com "You & Me" a minha preferida do álbum, mas o som não foi tão expansivo quando seria bom que fosse, o mercado não dá chance pra quem tá começando carreira e mais uma música fantástica arrumou a mala e se jogou no flop, claro, quem conhece o cara, fãs, antenados, blogueiros, sabem que ela é uma das melhores gravações de 2009/2010.


Já no comecinho desse ano, em fevereiro, "Diamond Rings" lançou o clipe para a faixa 2 do álbum, "Wait & See", não conseguiu superar a tosquice de “All Yr Songs”, mas gravou com melhor qualidade e desenrolou a coisa durante a música de forma mais empolgante, menos repetitiva que nem no primeiro clipe:


3 meses depois ele lança "Show Me Your Stuff" que segundo a galera do "Oh My Rock" foi gravada "Com apenas um teclado midi, um laptop emprestado e uma guitarra de segunda mão", o que incrível por que esse tipo de música não é feita por uma pessoa só e muito menos com aparelhagem tão pobre. Na música um som electro tipo o instrumental de "I'm Not Your Toy" aparece tímido, mas dá um ar alegre a música que te surpreende por ter 5 minutos e em 3 dá a impressão de que vai se repetir "chatamente" até o fim, mas uma "nova" música com as batidas é introduzida e você fica abismado com uma coisa tão simples, tão clichê e ao mesmo tempo tão original, assim como todo o projeto, álbum, a androgenia enrrustida trash do cantor, tudo!


E depois de todos os meus comentários superficiais, obrigado por ler, e de ser anunciado que o próximo single será a minha preferida e uma espécie de "cantiga-de -roda-electro", "You & Me", assista o clipe do último single lançado em outubro desse ano "Something Else" e se tiver se empolgado com o texto e ainda não conhece o fantástico primeiro álbum do "Diamond Rings", faz o download aqui!
 


WEEK TOP POST!

Todas as imagens publicadas nesse site são retiradas da internet. Caso você tenha direito sobre alguma delas e queira que essa seja devidamente creditada ou, até mesmo, excluída, entre em contato para pronta operação. Programação e Design por Roberto Júnior.