O QUÊ VOCÊ PROCURA?

EXAGERADAMENTE POP! http://www.qualagrandeideia.com/

25 julho 2013

Miley Cyrus admite referência ao MDMA em "We Can't Stop"!


E Miley Cyrus confessou ser o já polêmico verso ''dance with miley'', no seu atual single de trabalho "We Can't Stop", que algumas pessoas já vinham interpretaram como ''dance with molly'', fazer sim referência a droga MDMA.

Em entrevista, Miley revelou que teve que mudar a expressão ("Molly") para que a faixa pudesse tocar nas rádios - e assim não prejudicasse nas vendas.

"Depende de quem é, e o que está fazendo", disse Cyrus para ao Daily Mail. "Se você está com dez anos de idade é "Miley", se você sabe o que realmente eu estou falando, então você sabe.''.

"Eu só queria que fosse tocada no rádio e por isso foi editada", continuou, "eu não acho que as pessoas têm dificuldade em entender que eu cresci. Você pode procurar meu nome do Google e saberá quem sou - até com isso saberá o que está sendo dito na letra.'', finalizou.


Não é de hoje que a famosa e polêmica MDMA aparece na mídia pop. O mais famoso caso e ainda mais explícito que o de Miley foi o com o álbum de Madonna intitulado MDNA, onde quase não dá para se distinguir a diferença entre M e N. 

O 12º álbum de Madonna já vinha sofrendo várias críticas pelo seu nome antes mesmo da divulgação e audição das faixas. A coisa ficou ainda mais polêmica quando em uma das faixas, intulada "I'm Addicted" ("Eu estou viciado"), Madonna canta MDNA repetidas e rapídas vezes junto ao nome da música.



O MDMA também já marcou presença em "Pusher Love Girl" do mais recente álbum de Justin Timberlake, mas, nessa, sem questão nenhuma de esconder que amante declarado do MDNA, o cantor também curte cocaína, heroína...

Comente:

WEEK TOP POST!

Todas as imagens publicadas nesse site são retiradas da internet. Caso você tenha direito sobre alguma delas e queira que essa seja devidamente creditada ou, até mesmo, excluída, entre em contato para pronta operação. Programação e Design por Roberto Júnior.