O QUÊ VOCÊ PROCURA?

EXAGERADAMENTE POP! http://www.qualagrandeideia.com/

10 novembro 2010

Robyn - Body Talk pt.3


Com o lançamento, quer dizer, vazamento do Body Talk pt.3 ou Body Talk eu fiquei me perguntando se foi realmente necessário lançar "Part 1" e "Part 2", a tentativa era ganhar mais dinheiro e fazer uma trilogia, uma coisa diferente, mas se ela tivesse lançado apenas a "Part 3" teria dado super certo viu? Por que "Body Talk Part 3" é uma junção dos dois primeiros álbuns com mais 5 inéditas muito melhor que os dois primeiros, “muito” melhor.

É que tipo, o "Body Talk Pt.1" tinha 8 músicas e dessas apenas 4 eram boas e uma era versão acústica do primeiro single do "Body Talk pt.2" que teve 8 música e dessas 7 eram boas, já que a oitava era o primeiro single da "Part 3" numa versão acústica e chata, sendo assim o_o' Pra que essa putaria toda? Né?


"Body Talk PT. 3" é simplesmente perfeito, da 1 á 15, as músicas chatas do "Body Talk pt.1" foram remixadas e ficaram muito deliciosas, 5 músicas de cada álbum, na ordem certa, com a transição certa, tudo certo, "Part 1" e "Part 2" vão ser só um peso na discografia da cantora, acho desnecessário. Confira a tracklist:

 1. Fembot
2. Don´t Fucking Tell Me What To Do
3. Dancing On My Own
4. Indestructible (O comecinho com as batidinhas psicodélicas é ouvido em conjunto com a voz da Robyn e aos poucos o fundo da música entra e um conjunto de sons muito gostosos agitam o resto da melodia, foi o primeiro single, é super comercial, mas não é o tipo de música que todo mundo gosta)
5. Time Machine (Animadinha, grudenta, toda colegial, música pra se ouvir na praia, a trilha sonora da reunião de amigos com muita bebida, comida e...)
6. Love Kills
7. Hang With Me
8. Call Your Girlfriend (Essa é pra lembrar o antigamente, a baladinha romantica pra fazer qualquer um pensar no namoro acabado, no amor platonico, e partir pra outra com o refrão baladento, uma das melhores das inéditas)
9. None of dem
10. We Dance To The Beat
11. U Should Know Better
12. Dance Hall Queen
13. Get Myself Together (A "Elastic Love" do Body Talk da Robyn, observa as batidas no fundo no refrão, é identico, ah! Tem uma coisa "Bulletproof" também… Ou não, ams é a mais clichê, mas comun de todas das 5)
14. In My Eyes
15. Stars 4-Ever (Pra fechar com chave de uma coisa muito valiosa! Eletrônica assim como todas as outras, mas com um tempero "Dance" 1970 que torna ela uma das mais chicletes das novas músicas)

Enfim, você só pode agora é correr pra baixar o álbum por que é muito muito bom! Download!

Comente:

3 comentários:

  1. Ahhh, o que levou a Robyn a lançar o disco em 3 partes foi razões que não são nenhum pouco comercial. No site oficial dela ela publicou uma carta aberta ao público explicando. Tão fofa, dá uma lida. (: ... Mas olha, vou ter que concordar com você que o disco é muito bom. Só não é melhor porque ela cortou CRIMINAL I.

    ResponderExcluir
  2. Ai Robertonnn,
    vou ter que bater em vc ein. kkk

    Aonde que BT 1 e BT 2 são ruins?? Eu gostei tanto de tudo, que achei q a Robyn fez mt bem em lançar td assim. Meio que matou nossa saudade dela aos poucos. rs

    Concordo com oThiago, as musicas da Robyn nem é comercial e nunca veremos tocando em radios pop. O que é uma pena, pois tem hit pra baralho. rs

    O BT3 ficou parecendo GREATEST HITS kkk

    Enfim, opinião é assim mesmo :D

    ResponderExcluir
  3. Own gente, tenho nada contra a Robyn não, alias, amo essa loirinha do dente quebrado, mas eu achei a parte 1 de 2 desnecessarias ué, foi diferente e tal, matou a saudade aos poucos, mas me diz se a parte 3 não foi fodona por se só?! Viciado na parte três só tenho ouvindo isso desde ontem! Faltou Criminal Intent sim :((

    ResponderExcluir

WEEK TOP POST!

Todas as imagens publicadas nesse site são retiradas da internet. Caso você tenha direito sobre alguma delas e queira que essa seja devidamente creditada ou, até mesmo, excluída, entre em contato para pronta operação. Programação e Design por Roberto Júnior.